Gladiadores Urbanos

Uma batalha esta anunciada, os soldados saem de suas barricadas..
Instantes antes da partida são meros homens com a mente limpa…
Calmos, serenos, amigos e compassivos,
Tomam suas armaduras e num piscar de olhos a transformação..
Surge um soldado forte, destemido, com uma arma na mão.


Suas armaduras são imponentes e se confunde no meio de tanta gente..
E partem todos para o campo de batalha,
Disputam cada espaço, sempre no fio da navalha.
Há quem sem amontoa numa grande armadura,
Que parece o Cavalo de Troiá, que leva os soldados por estas ruas.


Cada qual quer seu canto, briga, xinga, esbraveja..
Isso é uma loucura, cada um com a ideia dura.
E a luta é grande, as vezes sangrenta, que nos tira a paz,
Que nos tira a vida com uma velocidade voraz.
Todos desejam chegar. Onde? Saber isso não se é capaz.


E assim ficam o tempo inteiro, correndo feitos felinos..
De um lado para o outro, desdobrando-se entre tantos guerreiros..
São fracos soldados, fortalecidos por suas armaduras…
Que muitas vezes não se ajudam e vivem na amargura…
Pobres soldados de vida curta e sem ternura…..

 

Nivaldo Joaquim

Post criado 160

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Copyright © 2019 Trecho de um Livro. Desenvolvido por D2W